Koto

Minha avó materna tocava koto. Nunca a vi tocá-lo, soube desta habilidade pela minha mãe. Já havia notado que minha batian conhecia música, pois a via batucar as teclas de um pianinho de brinquedo, ouvir a nota e compilar em um papel uma canção infantil japonesa.
Ouvi dizer que são precisos alguns anos para secar a madeira a ser utilizada para fabricar o instrumento. Corpo, tai.
São treze cordas normalmente: parece uma harpa deitada. Desconheço a técnica (wasa), mas parece ser pouco trivial.
Contudo, o timbre, as canções fazem do koto um dos responsáveis pela sonoridade oriental, o espírito da música, shin.

Shin, wasa, tai. Mente/espírito, técnica, corpo.

Sobre insilicium

Tenho formação em Exatas, basicamente em Física. Atuo no ramo de TI e busco trabalhar com ciência. Não dispenso a arte, seja visual ou sonora.

Publicado em junho 20, 2011, em história, lembranças, música e marcado como , , , . Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: