O rock que conheci (1)

Já li em algum lugar que uma das causas do rock’n roll é a segunda guerra mundial. Imagine-se em uma Londres sendo bombardeada, ou ver seus tios, irmãos mais velhos, pai, mãe, irem partir para uma terra distante ou para trabalhar em uma fábrica de armas. Medo, desesperança, morte, dor, carência de comida, água e energia elétrica, uma sensação perene de perda: as cabeças dos garotinhos e garotinhas começam a questionar os velhos modelos, querem partir para a arruaça, descobrem a sensualidade e o rock, well, vai se formando …

O término de um conflito deve levar as pessoas a querer exacerbar as manifestações de seus sentimentos: alegria, agitação, drogas, sexo, huh

Chuck, Elvis, John, Paul, Mick, Keith nasceram entre os anos 1930 e 1950, período da ascenção do nazi-fascismo, da guerra propriamente dita e as suas conseqüências. Vale a hipótese acima, não?

Sobre insilicium

Tenho formação em Exatas, basicamente em Física. Atuo no ramo de TI e busco trabalhar com ciência. Não dispenso a arte, seja visual ou sonora.

Publicado em novembro 20, 2007, em história, rock e marcado como , . Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: